Arquivo da tag: remessa

O QUE Arquivo de Remessa e Arquivo de Retorno?

Os bancos utilizam o padrão Febraban CNAB 400 ou CNAB 240 para receber (remessa) e enviar (retorno) informações para as empresas clientes usando arquivos.


CNAB é uma abreviação para Centro Nacional de Automação Bancária, isto é, uma interface para troca de informações entre o emitente de boleto e o banco.


Estes arquivos possuem formato texto com colunas fixas definidas pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos). Cada banco tem suas variações, previstas dentro do padrão.


O objetivo destes arquivos é trocar informações digitalmente entre o sistema de informática do banco e o do cliente.

Dentre as informações, podemos citar: cobrança (boletos bancários, pagamentos, extrato para conciliação), débito em conta, vendor e custódia de cheques.

Cada um destes produtos tem seu fluxo de informação e, portanto, um layout.


Estes arquivos são enviados ou recebidos de diversas formas, mas principalmente pelo site do banco.

O que é um arquivo de remessa?

O arquivo de remessa é uma espécie de arquivo de texto com as informações do boleto bancário.


Ele é gerado pelo cliente e enviado ao banco, contendo todos os dados necessários para que a instituição bancária faça seu registro (como valor, vencimento, CNPJ do pagador, juros, entre outras informações) e para que o cedente receba pelo produto ou serviço prestado.

Em síntese, toda a comunicação entre o cliente e o banco é feita por esse arquivo de remessa, existindo arquivos específicos para registro, outro para alteração de vencimento, um outro para baixa e assim por diante.

O que é arquivo de retorno?

O arquivo de retorno é aquele disponibilizado pelos bancos em formato específico – geralmente em extensão .RET – para a realização da conciliação bancária.

Por meio dele é possível saber quem pagou ou não pelos produtos ou serviços prestados, sem depender de trabalhos manuais para isso.

Ele é enviado como contrapartida pelo banco, com o resultado de todo o processamento: informações de autorização e/ou rejeição, assim como de liquidação dos boletos.

Hoje, qualquer boleto registrado precisa desse arquivo de remessa, que resultará em um arquivo de retorno – enviado pelo banco, como resultado do processamento.

Como gerar o arquivo remessa para enviar para o banco

 

Neste tutorial, você irá aprender como gerar o arquivo remessa no sistema DNET.

1 - No sistema DNET, acesse o menu Financeiro - Arquivo Remessa - Consultar, e clique sobre a mesma;

2 - Digite a data de inicio e a data final para gerar o arquivo, selecione o banco para o qual irá gerar a remessa e clique em Localizar;

3 - Basta clicar sobre Baixar Arquivo no canto superior direito da tela. Pronto o arquivo remessa foi gerado e baixado no formar RAR, basta enviar para o banco e aguardar o arquivo retorno. * Lembrando que o Sistema DNET não envia o arquivo automaticamente para o Banco, você deve realizar este procedimento manualmente.